17 de abr de 2010

Farpa Advanced - all rights reserved

Estou aqui para contar uma história muito batuta. Aconteceu quando eu tinha 10 anos de idade. Eu estava na casa do meu avô. Aquele vovô vivido, que sabe das coisas, sabe? A gente fazia o prato típico do vovô: caramujos ao óleo in vitro.

Então do nada eu grito: AAAAAAAAAAIIIII!!! DOEU!!!

Vovô, esperto que é, fala: Machucou, menino?
Eu disse: Sim, vovô. No meu dedo. Aqui ó.















- Menino vai limpar que isso é coisa do bicho ruim.
- Mas parece só uma farpa vovô! É tão ruim assim?
- Mas que farpa que nada guri, isso ai é farpa advanced.

Curioso que sempre fui, me postei a perguntar de novo:
- Mas que diabos é isso?!
- Isso é o que acontece quando não caga direito, o dedo empola e a farpa advança.
- E o que eu faço, vovô?
- Queres se curar, menino?
- Sim.
- Num vai reclamá quando eu prosá?
- Não, vovô.
- Então vamo lá. Comece pegando sua meia no quarto. Mas vai logo menino, que senão isso vira farpa zureta, nem me pergunte.

Corri no quarto, peguei a meia e voltei falando:
- Ta aqui!
- Agora você precisa cagar ai dentro, meu filho.
- Mas agora vovô? To sem vontade..
- Se nao dá pra cagar ai dentro, vamos ter que fazer uma gelatina de lagarto. Pega lá seu lagarto.

Já muito confuso falei: - Vovô, isso vai dar certo?
Ele responde: - Na minha época eu fiz isso, só que eu usei calda de filho da puta. Só que tem q matar algum filho da puta pra fazer, jogar catarro na panela e temperar com boné azedo.

Acabou que fizemos a receita, ela envolvia:
- Sapo Cabeludo
- Reco-reco molhado
- Short no balde
- empada de azeitona
- pele de ave terrestre
- peido maluco
- e cocô de marreco

Quando acabamos, falei:
- Vovô, agora posso tomar?
- Que tomar o que! Eu que vou tomar esse suco pra me ajudar a relaxar e pensar como tirar essa farpa daí..
E eu pensei: Esse meu vovô é muito espero mesmo, mano!!




Se você achou essa história tosca disque: 827-PEGA-NO-MEU-OVO.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe uma mensagem pro Curumim Golias e veja o que tem pra janta!