21 de jun de 2010

Férias frustradas de Dom Camilo na terra das baratinha

Bom noite. Hoje venho tratar de um tema muito sério, a retirada do povo palestino das areias de maomé. Há muitos séculos que essa galerinha só apronta confusão por aquelas terras lá, mas convenhamos, é justo?

RABANADA HUMANA

Originalmente, o povo palestino foi criado com o intuito de radicalizar a raça humana, fazendo trocadilhos e mandingas para abastecer nossos corações de alegria. Mas algo saiu errado né e esse povo, que era o máximo, passou a ser visto como um embrião de toda a discórdia existente no planeta. Nada se pôde fazer quando Felix XXII, recém eleito rainha da inglaterra, deu a ordem para enjaular todo esses filhos da puta.

ALGUNS PALESTINOS PRATICANDO A ARTE ESQUECIDA DA LAVOURA

Tudo teria dado certo para o nobre rei se não fosse por Dom Camilo, nosso herói que passeava pelos bosques naquele momento. O corajoso homem que estava de passagem pelas areias do tempo deu de cara com aquele bafafá e resolver reagir, sassaricando piroca em todo mundo que lá estava. Foi um deus nos acuda.

                                                          EI VOCÊ, TRAGA-ME MAIS DESSAS FRITURAS

Ó Minas Gerais, quem te conhece não esquece jamais. E foi assim que começou a maior revolução que a história já viu: A REVOLUÇÃO PALESTINA = RESPECT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe uma mensagem pro Curumim Golias e veja o que tem pra janta!